Manhas criativas e divertidas

Reconhecendo o desafio em aprender principalmente os ideogramas, ou kanjis, busquei as chamadas técnicas mnemônicas. Ou seja, que facilitem sua memorização, de maneira criativa (daí o nome desta página e curso), divertida e emocionante.

Assim, utilizei diferentes fontes como inspiração, como livros e sites estrangeiros, que me forneceram ideias para decodificar e compreender melhor os tais kanjis, imaginando-os como pedacinhos de tijolos que vão se encaixando e gerando novos significados. Acima de tudo, nunca usar a simples decoreba para aprender essas letras, como eu vi ser ensinado em diferentes métodos, desde minha adolescência. Dessa forma, fica realmente muito difícil o aprendizado, e tudo isso pareceria apenas “um monte de tracinhos”.

Eu mesmo, com o passar do tempo, fui pegando o jeito para criar sempre novas histórias, imagens, personagens, associações em geral, para cada conjuntinho de “tracinhos” que surgem nos famigerados kanjis… e até mesmo para também lembrar dos significados das palavras japonesas em geral, até mesmo quando não são compostas por ideogramas.

Isso é útil porque, diferentemente do espanhol, que tem um vocabulário bem semelhante ao português, ou até o francês e o italiano (todas línguas latinas, românicas); e até mesmo o inglês tem um tanto de palavras semelhantes à nossa língua (como ideologia e ideology, máscara e mask, masquerade, etc); o japonês não tem quase nada muito similar ao português e outros idiomas ocidentais… ainda que puxe alguns vocábulos do inglês, “ajaponesados” de modo muitas vezes irreconhecível para quem não está acostumado. É claro que também ensino a “traduzir” e “pegar a manha” dessas adaptações…

Então, vem comigo que te levo de camarote nesta jornada especial ao Oriente!

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close